Close

Quem somos nós?

Eu sou a Giuliana, tenho 32 anos, trabalho com Responsabilidade Socioambiental e Sustentabilidade há mais de 13 anos e nas horas vagas sou atriz. Sempre trabalhei em grandes empresas, sai de um emprego em um grande banco para mergulhar nesta aventura. A decisão por mudar o rumo da minha vida veio de uma sede de mudança e por uma intensa curiosidade de entender melhor o mundo em que vivemos

Tive a oportunidade de participar de grandes conferências internacionais da ONU, algumas voltadas para o setor privado, envolvendo CEOS de grandes empresas multinacionais, outras envolviam países de todo o mundo nas infindáveis reuniões de negociações multilaterais entre Chefes de Estado nas Conferências das Partes (COPs), em tentativas de acordo para o problema das mudanças climáticas e o pós Kyoto. Mas, enquanto eles discutem o rumo de seus países ou de suas empresas de forma bastante política e na maioria das vezes bastante demorada, o que pensam as sociedades? Quais as pessoas que estão mudando a realidade em que vivem? Como se adaptar a situações de escassez de recursos? Quais as tecnologias sociais, as práticas ecoeficientes que vêm sendo adotadas? A curiosidade me instiga a buscar essas histórias em diferentes partes do mundo e este site foi criado para compartilhar essa experiência com todos que quiserem embarcar nesta viagem.

Quem trabalha com sustentabilidade sabe que realmente a gente pensa de forma diferente da maioria das pessoas. Vivemos uma luta diária contra nossos próprios pensamentos pessimistas quando nos deparamos com o que está acontecendo no mundo, seja pela fúria da natureza dando seu sinal de indignação com tsunamis, terremotos e enchentes, seja pela crise do modelo capitalista que requer a definição de um novo tipo de economia mais sustentável, seja pela iniciativa privada que ainda não abriu os olhos para o custo das suas externalidades e o papel social de seu modelo de negócios, ou ainda pela lavagem cerebral nas camadas mais pobres da população que clamam por uma educação de qualidade.

Mas, ainda assim, eu sou uma pessoa otimista e acredito nas pessoas. É isso que eu busco nesta aventura, quero conhecer pessoas, histórias de vida e de transformações. Eu ainda insisto em acreditar que o ser humano pode ser um pouquinho menos egoísta, que a chamada “tragédia dos comuns” de Garrett Hardin, ainda não chegou ao seu completo caos e que meus filhos e netos vão gostar do mundo que estamos construindo para eles.

Meu marido Maurício tem 36 anos, é advogado e nas horas vagas fotógrafo. Um apaixonado pelo mundo, por lugares, por pessoas, por culturas. Um aventureiro em busca de momentos, de situações e de experiências. Ele também é meu guia, um profundo admirador de particularidades de cada cultura e país, já viajou por mais de 26 países e não vê a hora de aumentar essa listinha. Sua paixão pela fotografia o motiva a embarcar nessa aventura e sua visão empreendedora visa buscar formas inovadoras de lidar com esse mundo em transformação que vivemos.

Alimentados por esses sentimentos, decidimos mudar o rumo de nossas vidas. Não sabemos o que vem pela frente, mas, estamos dispostos a encarar o desafio.

Acompanhe nossa aventura também pelo:

Facebook: 
https://www.facebook.com/historiaspmundo

Instagram: 
historiaspelomundo

Loading...
Loading...