O encanto de Dona Karla na agitada Jeffreys Bay

Nossa passagem por Jeffreys Bay não teria sido a mesma se não tivéssemos ficado uma noite na pousada da dona Karla. Uma senhora belga super atenciosa e simpática que se mudou para a África do Sul há 11 anos para abrir seu negócio junto com seu sócio e companheiro, Soi.

Fomos tão bem recebidos que nos sentimos em casa. A pousada (chamada On the Bay) é grande, tem 9 quartos, uma área de lazer com mesa de sinuca e jacuzzi, um restaurante onde é servido o café da manhã, um jardim espaçoso e estacionamento para mais de 10 carros.  E o mais impressionante: a dona Karla, aos seus 70 anos de idade, cuida de tudo isso sozinha! Disse que já teve muitos problemas com empregados e prefere fazer tudo sozinha para não ter dor de cabeça. Perguntei de onde ela tirava tanta energia e ela disse que quando a pousada está lotada é mais puxado, mas em geral é tranquilo, afinal são 11 anos cuidando do casarão.

Soi, seu sócio, cuida da parte administrativa, contábil e gerencia as reservas, enquanto Karla cuida de toda a casa, limpa todos os quartos, faz o café da manhã delicioso, com direito a waffles belga, e ainda mima seus hóspedes. Quando chegamos tinham cookies caseiros no quarto.

Antes de adquirir a pousada, Karla era guia turística e rodou muito por toda a África.  Sempre gostou de viajar, lidar com o público, conhecer pessoas, e além disso é muito simpática.  Ela diz que escolheu Jeffreys Bay porque, em sua opinião, é a melhor cidade da África. O clima é agradável, a cidade tem uma boa infraestrutura e está sempre cheia de gente. Ela também nos mostrou uma pintura feita com base numa foto que ela tirou do Kevin Slater, em uma onda de mais de 8 metros de altura em Jeffreys Bay.

Dava para ver no brilho de seus olhos o quanto ela gosta do local, mas para nossa surpresa, a pousada está à venda. Podem imaginar que depois de 11 anos cuidando de tudo sozinha, dona Karla, aos seus 70 anos de idade, quer descansar e relaxar por um tempo. Não! Esse não é o motivo. Na verdade, Karla quer comprar um motorhome e sair viajando pelo mundo com seu companheiro Soi. Ela está empolgadíssima com a ideia e fazendo planos dos lugares que quer conhecer. Perguntei se ela não sentia saudades de seus filhos e netos. Ela disse que com certeza, mas com seu motorhome ela pode visitá-los facilmente e ainda conhecer outros lugares.

Fiquei encantada com a energia e disposição dessa senhora. Para mim, esse é o segredo da longevidade. A idade é só um detalhe quando a gente sabe aproveitar a vida e correr atrás daquilo que nos faz realmente felizes!

Boa sorte Dona Karla!

Acompanhe nossa aventura também pelo:

Facebook:
https://www.facebook.com/historiaspmundo

Instagram:
Historiaspelomundo

Loading...
Loading...