A fantástica fábrica de chocolate suíça

Para um casal que ama chocolate como nós, não tinha como ir na Suíça sem conhecer uma fábrica de chocolates. Fomos na fábrica da Callier, que fica no vilarejo de Broc, na região das montanhas de Gruyere.

Do churrasquinho Grego aos frutos do mar

A comida na Grécia é uma delícia!  Além disso, a média de preços é mais barata do que em outros lugares da Europa.  Atenas foi o lugar que saboreamos os pratos mais gostosos, mas a comida em Mykonos e em Santorini também não decepcionou.

Mangia che te fa bene! na Sicília

Na Itália, em geral, come-se muito bem, mas a Sicília em particular é famosa por uma culinária que supera todas as expectativas.

O Limoncello

O que conhecemos como limão siciliano no Brasil é na verdade o limão italiano, não necessariamente da Sicília.

Direto da horta, forma suíça de ser saudável e economizar

Ao chegarmos na Suíça, duas coisas nos chamaram a atenção. Primeiro: as pessoas em geral são magras e parecem se alimentar muito bem; e segundo: comer fora de casa em bares e em restaurantes é muito caro, pelo menos para nós, estrangeiros.

Passando alguns dias em Préverenges, um vilarejo perto de Genebra, pudemos conhecer um pouco dos costumes e hábitos locais. Encontramos uma feira direto da horta e sem vendedor. Você pode comprar seu pé de alface escolhendo na horta, depositar as moedinhas no barril e ir para casa fazer uma bela salada. Há também uma banca com frutas e legumes fresquinhos que funciona da mesma forma. Tem uma plaquinha com os preços de cada fruta, legume e maço de folhas. A placa orienta que deve depositar as moedas no barril e agradece sua honestidade. Simples assim!

Outra opção muito utilizada pelas pessoas que moram nestes vilarejos é alugar seu pedacinho de terra para cultivar sua horta. Como são áreas muito residenciais e as casas ou apartamentos são próximos um dos outros, os proprietários de grandes terrenos alugam pequenos lotes de terra, para plantar o que quiser. Nos meses de verão, o terreno fica todo ocupado.

As pessoas gostam bastante de alimentos orgânicos por aqui, talvez seja para compensar tanto chocolate e queijos incríveis!

Há uma variedade de restaurantes deliciosos, mas comer fora de casa não é nada barato. Achei uma média parecida com São Paulo, que também não é uma cidade nem um pouco barata. Um jantar aqui na suíça não sai por menos de 50 CHF por pessoa considerando um cardápio com entrada, prato principal e bebida. Em um restaurante mais sofisticado chega facilmente em 100 ou 150 CHF por pessoa.

A cotação de 1 franco suíço é parecida com o equivalente a 1 dólar. Por aí já é possível compreender quando falo que é caro. Talvez seja por isso que muita gente tem o costume de cozinhar em casa. Também é uma boa oportunidade de reunir os amigos.

Outra boa opção são os piqueniques. Encontramos muitos piqueniques a beira do lago Léman que rodeia a maior parte das cidadezinhas próximas de Genebra.

Principalmente nos meses de verão tudo é motivo para estar fora de casa, seja cuidando de sua hortinha, fazendo piquenique com os amigos ou até saindo para jantar fora. Porque quando o inverno chega, aí sim ninguém quer sair de casa.

Acompanhe nossa aventura também pelo:

Facebook: 
https://www.facebook.com/historiaspmundo

Instagram: 
historiaspelomundo

Loading...
Loading...